sexta-feira, 3 de julho de 2015

Natalino Salgado visita Dom Belisário e anuncia mudança no nome do campus universitário para Cidade Universitária Dom Delgado

Em visita ao arcebispo de São Luís, Dom Belisário, o reitor da Universidade Federal do Maranhão, Natalino Salgado, anunciou a mudança do nome do campus universitário para Cidade Universitária Dom Delgado em homenagem ao clérigo que ajudou a fundar a UFMA em 1966.
Na oportunidade ainda foi entregue o título de forma póstuma de doutor honoris causa a Dom Delgado pelas suas contribuições a comunidade acadêmica e para o estado.
Apesar de ser uma visita de cortesia, ela pode ter outros contornos, uma vez que a disputa pelo Palácio de La Ravardiere, está sendo polarizado por dois evangélicos, Edivaldo Holanda Júnior e Eliziane Gama. Natalino Salgado vem sendo incentivado para entrar na corrida eleitoral e ele poderia ser uma autêntica alternativa para os católicos, uma vez que sua formação é dentro da Igreja, frequentador da Igreja Nossa Senhota dos Remédios e mantenedor da Santa Casa de Cururupu, cidade natal do reitor.
Dom Belisário ficou muito honrado com a visita e agradeceu a lembrança do reitor Natalino Salgado a história de Dom Delgado. Uma cerimônia ainda será realizada para oficializar os atos.

Assembleia de Deus realizará congresso de Juventude

À Assembleia de Deus, através da UMADESL (União de Mocidade da Assembleia de Deus em São Luís) realizará de 8 a 11 de julho o 9º COMADESL (Congresso de Mocidade da Assembleia de Deus em São Luís) como tema: “Despertando a Geração do Centenário” .

A igreja de São Luís está se aproximando dos seus cem anos  em 2025 dentro desta perspectiva um dos alvos  desta temática é fazer um resgate dos verdadeiros valores do pentecostalismo genuíno, sua herança para nossa geração e como distingui-lo das “inovações” que surgem no Brasil. 
O preletores deste ano serão: André Silva (Brasília), José Guimarães Coutinho (São Luís), Joel Cruz (São Luís), Matias Soares (Rio de Janeiro) e Rogério Barreto (Rio de Janeiro). (Rio de Janeiro), 
E os cantores serão: André Valadão (Minas Gerais), Célia Sakamoto (São Paulo), Gislane e Milena (Espírito Santo), Manoel Filho e banda (Ceará), Jadson Said (São Luís) e outros ministérios de louvo da terra. 
“É com grande entusiasmo, coração jubiloso e imensa alegria que a família UMADESL realiza este congresso. Nosso anseio é que os participantes tenham momentos prazerosos na presença de Deus e de aprofundamento nas Escrituras Sagradas” disse o pastor Claudio Froz, presidente da UMADESL.
O congresso é realizado à cada dois anos reunindo cerca de 5,000 jovens da capital e do interior.
⁠⁠⁠PROGRAMAÇÃO DO 9º COMADESL
Dia 06 (segunda) - Pré Abertura do COMADESL no Templo Central às 18:30h.
Preletor: PR. Coutinho
Dia 08 (quarta-feira) - Abertura oficial do COMADESL no Castelinho às 19h.
Preletor: Pr. Joel Cruz - MA
Dia 09 (quinta) - Culto a noite às 19h.
Preletor: Pr. Rogério Barreto - RJ
Dia 10 (sexta)
Às 14:00 - Estudo Bíblico
Preletor: Pr. André Silva - DF
Noite - Culto às 19h
Preletor: Pr. Matias Soares - RJ
Dia 11 (sábado)
Às 8h - Manhã de Adoração
Preletor: André Valadão
Às 14h - Estudos Bíblicos
Preletores: André Silva (DF) e Reginaldo Moura (PA)
Às 19h - Culto de encerramento
Preletor: Reginaldo Moura (PA) e louvor com André Valadão

Benefício de 2% do ICMS será mantido aos Atacadistas e Distribuidores

Na tarde da última terça-feira, dia 30, empresários associados à Associação Maranhense de Distribuidores e Atacadistas (AMDA), estiveram reunidos com o secretário de Fazenda do Estado do Maranhão, Marcellus Ribeiro Alves e com o secretário de Indústria e Comércio, Simplício Araújo. Na ocasião, o presidente da entidade, Rodrigo Vieira, e o vice-presidente, Moisés Neto, apresentaram as principais demandas do setor, com destaque para a manutenção do decreto que beneficia o distribuidor atacadista com 2% do ICMS.
O decreto 27.203 determina que o atacadista, para manter o benefício fiscal de 2%, deve destinar, no mínimo, 70% do seu faturamento mensal para pessoa jurídica inscrita no cadastro do ICMS e, consequentemente, só poderão destinar, no máximo, 30% do seu faturamento mensal para não-contribuinte do ICMS, devidamente identificado por CPF ou CNPJ.
O secretario Marcellus Ribeiro informou aos empresários o benefício será mantido, mas destacou alguns pontos que serão discutidos com a categoria. “Em minha opinião, esses 30% de vendas para CPF não é bom para o empresário, pois há sócios de outras empresas fazendo compras pelo CPF. Precisamos ficar atentos a este ponto”, destacou o secretário. O presidente da AMDA, Rodrigo Vieira, ressaltou a importância do decreto para o atacadista distribuidor. “Hoje este decreto nos dá mais competitividade”, disse Rodrigo.
Durante a reunião também foram abordados outros temas, como por exemplo, a demora no resultado do julgamento do credenciamento do atacadista distribuidor. “Atualmente o empresário é tributado sem o benefício no intervalo que vai do credenciamento até o resultado de deferimento ou indeferimento. Queremos que neste prazo ele seja beneficiado com o decreto de 2% do ICMS”, destacou o presidente da AMDA. O pleito foi concedido pelo secretário Marcellus, que solicitou de imediato à sua equipe técnica uma portaria para garantir que até a data do julgamento a empresa seja beneficiada com o decreto. “Porém sabemos que se o pedido for indeferido, não será mantido o benefício”, informou o secretário.
Outro ponto discutido na oportunidade foi referente às mercadorias retidas em virtude de empresas com pendências na SEFAZ. Rodrigo Vieira explicou que ocorrem casos em que o atacadista distribuidor faz a consulta para saber se a empresa para a qual efetuará a venda está em normalidade na Secretaria de Fazenda, para então emitir a nota e liberar a mercadoria para a entrega. No entanto, há casos em que a empresa está sem pendência na SEFAZ e no dia seguinte, encontra se irregular e por esta razão, o caminhão fica retido no posto fiscal causando atrasos na operação logística. Marcellus solicitou à AMDA que formalizasse a situação via ofício, mas que a solução seria que a partir da emissão da nota, a mercadoria estaria liberada até a entrega, evitando assim a retenção da mesma.
Para o vice-presidente da AMDA, Moisés Neto, este é um momento importante para o Maranhão, através do qual o poder público abre um canal de diálogo com a iniciativa privada. “Estamos confiando nesta nova gestão para que as coisas realmente comecem a acontecer. O atacadista distribuidor estará em constante diálogo com os poderes públicos na busca de conquistas para a categoria”, finalizou.

Prefeitura garante continuidade de estudos a pacientes em tratamento de hemodiálise

Prefeitura garante continuidade dos estudos a pacientes em tratamento de hemodiálise
Uma parceria entre a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e o Hospital Universitário Presidente Dutra, da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), possibilita a pacientes em tratamento de hemodiálise a oportunidade de avançar nos estudos. Jovens, adultos e idosos que ainda não são alfabetizados ou não concluíram o Ensino Fundamental recebem aulas por meio do projeto ABC Nefro. Na última semana, 21 alunos-pacientes concluíram as aulas do primeiro semestre letivo de 2015, realizadas durante as sessões de hemodiálise, em dias alternados.
Embora já aconteça em outros estados brasileiros para turmas de crianças e adolescentes, a iniciativa é pioneira no Brasil para a área de Educação de Jovens e Adultos (EJA). O projeto iniciou em 2013, quando foi formalizada a parceria entre a Prefeitura de São Luís e o Hospital Universitário Presidente Dutra. A iniciativa contribui para universalizar o acesso à Educação e erradicar o analfabetismo na cidade de São Luís – ambas metas previstas no Plano Municipal de Educação (PME) e que já norteiam a política do prefeito Edivaldo para a área educacional.
"Nossos educadores têm trabalhado para garantir um ensino de qualidade aos seus estudantes, mesmo em situações difíceis, como é o caso de um tratamento de saúde prolongado. Agradecemos imensamente o cuidado e o carinho desses professores, cujo trabalho ajuda a promover cidadania, inclusão social e qualidade de vida a cada um que se beneficia dessa iniciativa", disse o secretário municipal de Educação, Geraldo Castro Sobrinho.
A assistente social Gisele Silva Pereira, coordenadora do projeto ABC Nefro junto ao Hospital Universitário Presidente Dutra, contou que a ideia de promover a escolarização dos pacientes em tratamento já era um anseio antigo da equipe. "Só não sabíamos como iríamos viabilizar isso. Foi então que surgiu a ideia de criarmos a Classe Hospitalar ABC Nefro, trazendo para dentro das salas de hemodiálise professores capacitados", explicou.
O projeto também ajuda no sucesso do tratamento médico dos pacientes."Os pacientes vão para casa com receita e medicamentos e, se não têm o domínio da leitura e da escrita, terão dificuldades de reconhecer os nomes dos remédios, os horários e a dosagem certa de casa um", pontuou Nilsen Maria de Almeida Costa, uma das educadoras da Semed que atua no projeto.
AULAS
A Prefeitura de São Luís fornece material didático e disponibiliza professores da rede municipal para o atendimento nos turnos matutino e vespertino. Para desenvolver o projeto, os educadores que atuam no ABC Nefro participaram de formação, realizada pelo Hospital Universitário, para entender a patologia das doenças renais e as condições físicas e emocionais dos pacientes em tratamento.
O atendimento pedagógico é individualizado, valorizando as experiências familiares, de trabalho e os anseios dos alunos-pacientes em relação à leitura e escrita. As aulas acontecem durante as sessões de hemodiálise, respeitando as condições de saúde e de bem-estar dos estudantes. A alfabetização é centrada no universo vocabular dos alunos, sistematizando suas experiências e buscando ampliar a visão de mundo.
Inaldo de Jesus Oliveira, 38 anos, é um dos alunos-pacientes do projeto ABC Nefro desde 2013. Ele conta que quando começou, mal sabia assinar o nome e reconhecia poucas letras do alfabeto. "Depois que comecei a participar das aulas, aprendi mais e já sei ler e escrever algumas palavras. Este ano, quero avançar na escrita e espero concluir o Ensino Fundamental", assinala Inaldo, que faz tratamento de hemodiálise há mais de 15 anos. Já Karoline Guedes Reis, 16 anos, residente no bairro da Cidade Operária, faz hemodiálise desde o ano passado e começou a participar do projeto em 2014. Além dos problemas nos rins, a adolescente tem baixa visão e deficiência intelectual. "A professora é super legal, bacana e charmosa", disse.
A educadora Etiene Berrêdo, que acompanha Karoline, diz que a adolescente tem tido progressos e que é dedicada e atenta, especialmente quando estuda assuntos de seu interesse, como a música. "A metodologia de uma classe hospitalar foge da tradicional. Para cada aluno-paciente, há um planejamento e essa distinção é que tem ajudado no progresso de cada um. Ao mesmo tempo em que ensinamos também aprendemos lições de coragem e força de vontade", assinala a educadora, que destaca o valor social do projeto, por melhorar inclusive a autoestima dos pacientes durante o tratamento.
Viviane Fontenelle, também professora da classe hospitalar, diz que tem sido uma grande experiência trabalhar com alunos tão especiais e dedicados. "A função social da escola vai além da educação pedagógica, ela tem que ser humanística. O Hospital Universitário e a Prefeitura de São Luís estão de parabéns por essa iniciativa", ressaltou.

UFMA inaugura três novos prédios

A Universidade Federal do Maranhão (UFMA) inaugura três novos prédios nesta sexta-feira: a Faculdade de Medicina, o Laboratório de Nutrição e o Instituto de Tecnologia. As obras fazem parte da política de expansão da universidade e reúnem um investimento de R$ 2.730.902,21.
A Faculdade de Medicina, localizada no antigo prédio do ILA, na Praça Gonçalves Dias, Centro, compreende uma área de 2.610 m², onde foram reformados o Laboratório de Habilidades Práticas e Habilidades Realísticas e a Biblioteca Setorial do curso de Medicina. No local, com inauguração às 15h, os alunos irão usufruir de espaços reformados como o auditório, com capacidade de 150 lugares, oito salas de aula, Laboratório de Saúde Mental, sala dos professores, sala de observação, sala de simulação e sala de RPG. As obras de reforma e adaptação do edifício somam o montante de R$ 1.304.902,44.
Em seguida, às 16h, na Cidade Universitária, serão inaugurados o Laboratório de Nutrição e o Laboratório de Bromatologia, que juntos formam uma área de 192m² no Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Para sua construção foram investidos R$ 312.941,29, atendendo demandas do curso de Nutrição.
Logo depois, às 16h30, ainda no campus, próximo à Prefeitura de Campus (Precam), serão cortadas as fitas do Laboratório de Ciência e Tecnologia. O prédio possui 672 m² no térreo e 302,8 m² na parte superior, contendo o Laboratório de Física, Laboratório de Química, sala de professores, sala multiuso, Laboratório de Eletrônica, Laboratório Civil e Laboratório de Materiais e Ensaios Mecânicos. Para levantar o prédio foram investidos R$ 1.113.058,48.
Programação
15h -Inauguração da Faculdade de Medicina, prédio do antigo ILA – Praça Gonçalves Dias, Centro.
16h – Inauguração Laboratório de Nutrição, CCBS – Cidade Universitária.
16h30 – Inauguração do Laboratório de Ciência e Tecnologia, próximo à Precam – Cidade Universitária.